Irmão de Cuca ameaça torcedor do Flamengo, que registra B.O. – FALANDO DE FLAMENGO site de notícias do Flamengo


Irmão de Cuca ameaça torcedor do Flamengo, que registra B.O.

Amauri Stival ameaçou o torcedor e disparou ofensas contra o Rubro-Negro ‘’Time de b….’’

Categorias:

Por: , 08/06/2022

Foto: Reprodução/Twitter

Rio de Janeiro, RJ, 08 (AFI) – Um torcedor do Flamengo registrou boletim de ocorrência contra Amauri Stival, irmão do técnico Cuca, ex-Galo. Giuliano Consenza, de 25 anos, havia se posicionado contra a possível contratação de Cuca e mencionou a acusação de estupro do treinador. Amauri respondeu a publicação e disparou ofensas e ameaças ao torcedor e ao time carioca. Veja nas publicações abaixo, compartilhadas por Giuliano: 

Aparentemente o irmão mais velho do Cuca não gostou que eu tenha dito que ele é condenado na Suíça e veio me ameaçar no Facebook

— Giuliano Cosenza (@CosenzaGiuliano)

Pelo visto o irmão do Cuca quer me pegar de porrada

— Giuliano Cosenza (@CosenzaGiuliano)

Bom, irmão do Cuca tem 42 processos nas costas e comigo vai ser o 43º Será que vou de berço? Algum segurança aí pra me defender?

— Giuliano Cosenza (@CosenzaGiuliano)

O cara tá muito dedicado em me matar

— Giuliano Cosenza (@CosenzaGiuliano)

Giuliano registou boletim de ocorrência contra o irmão do treinador na última segunda-feira (06).

RESPOSTA DE CUCA

Questionado sobre o caso, Cuca disse que não está conseguindo contato com o irmão mas irá se pronunciar em breve. O treinador ainda comentou que não saiu do Atlético-MG para ir para outro time, e sim cuidar de sua família. Ele afirmou também em diversas oportunidades que o Flamengo já tem treinador.

CONDENADO

Cuca foi acusado, julgado e condenado pela justiça da Suíça por estupro de vulnerável, em 1987, quando o paranaense jogava pelo Grêmio. Na ocasião, a garota de apenas 13 anos acusou quatro jogadores do clube gaúcho de estupro coletivo, eram eles: Cuca, Eduardo Hamester, Fernando Castoldi e Henrique Etges. Todos eles foram condenados a 15 meses de prisão. O treinador nunca chegou a cumprir a pena, já que o Brasil não extradita seus cidadãos. 

Confira também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.