Presidente do Fluminense critica jogo do Vasco no Maracanã – FALANDO DE FLAMENGO site de notícias do Flamengo


Presidente do Fluminense critica jogo do Vasco no Maracanã

O dirigente também afirmou que o prejuízo causado ao Fla Flu é inadmissível

Mário Bittencourt, presidente do Fluminense disse que a decisão está fora dos limites legais e fere o bom senso.

Categorias:

Por: , 30/06/2022

Foto: Reprodução/Twitter , Mário Bittencourt, falou sobre as obras do CT Carlos Castilho e criticou a decisão a favor do Vasco, que joga no Maracanã no próximo domingo (3), pela .

O mandatário esteve no CT para a oficialização da obra de urbanização na Avenida Arroio Fundo –  rua que dá acesso ao centro de treinamento tanto do Fluminense, quanto do Vasco. A pauta abriu espaço para as considerações do presidente sobre as recentes disputas judiciais entre os times envolvendo o Maracanã.

‘’Com toda franqueza, eu considero essa decisão concedida ao Vasco, para esse jogo, completamente fora dos limites legais, do contrato e do bom senso. Houve um investimento de R$ 4 milhões para troca do gramado, Flamengo ficou sem jogar jogos importantes no Maracanã, Fluminense ficou sem jogar jogos importantes no Maracanã, da Copa Libertadores, inclusive alugou São Januário para jogar duas vezes lá, na segunda partida foi solicitada nossa retirada’’, declarou.

Mário Bittencourt ressaltou, ainda, o prejuízo que a resolução causa ao Flamengo e ao Fluminense. 

‘’Agora, eu considero um absurdo, inadmissível, a gente vai ter um prejuízo enorme no gramado por uma decisão que não colocou tudo isso que estou te falando. Nunca Botafogo e Vasco foram proibidos de jogar no Maracanã, mas o contrato de concessão é muito claro, a permissão de uso é muito clara, a prioridade é dos clubes que fazem a gestão do estádio e que têm sua programação para jogar no estádio’’, disse o presidente tricolor. 

OBRAS NO CT DO FLUMINENSE BENEFICIAM O VASCO

Sobre as obras no CT, o dirigente afirmou que o fato de beneficiar o rival não incomoda o clube e que o Vasco não é visto como um inimigo. Porém,  lamenta que o Fluminense não seja visto da mesma forma em algumas situações.‘’O Fluminense tocou o seu projeto, seu trabalho, e a gente não se incomoda que algo que a gente está fazendo pelo Fluminense acabe em benefício para um rival, um adversário, não somos inimigos. Só lamentamos não sermos vistos, em algumas situações, da mesma forma, mas enfim, é uma questão que está na Justiça, contratual’’ completou.

Confira também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.